CONSTRUINDO RELACIONAMENTOS (II PARTE)

17/10/2012 17:14

A VALIDADE

Tudo quecomentamos neste tema na primeira parte, é tão válido hoje como nos tempos quando Jesus a proferiu, vinte séculos atráz, de fato, é uma fala de muita dureza revelada nos evangelhos, esta verdade deve ser tratada no mais íntimo organismo queé a igreja. Qual é o problema então? O problema esta em como recomeçar a vivê-lo.O apóstolo nos fala em renovação de nossa mente, e não se conformar com este século. Na verdade não como recomeçar, mas o problema está em como terminar, esta é uma analise deve ser feita com mujita profundeza e meditação, não buscando no sentir, mas na decisão., esta é a exc~encia da idéia, que pode nos levar a meditação: "..O homem vê como um processo, Deus vê como uma meta..."

 

    Tudo que lemos a respeito da vida, morte e ressurreição de Jesus, aponta nos em direção de uma união reconciliadora com Deus e com a humanidade, portanto a igreja tem comom papel e missão de ser modelo para a sociedade de colmo o amor de Deus a poroximo agem. Os principios dentro da sociedade estão quebrados, como a desculpa da modernidade, ela , a sociedade macomunada com a midia, impões novos pricipios quen nada tem a ver com os pricipios legados e eternos para vida da desta mesma sociedade. O amor transformou-se me sentimento, em detrimento da decisão aquem pertence ao verdadeiro amor. O o Phileo,eros, storge, nao são em sua excencia amor, mas sentimentos que pdemos mudar segundo as circunstâncias , mas o verdadeiro amor que tem como meta a decisão. Quanto temos isto em mente, então vooltgamos nossa atenção ao aperfeiçoamento dos santos, mas como meta., assim estamos nos relacionando verdadeiramente formando relacionamentos, desta forma será difundida por toda humanidade.