AFINAL, QUAL É A DOSE CERTA?

08/03/2014 18:15

 

 

Deus, criou o homem e a mulher para viverem juntos até que a morte os separe,esta é a proposta divina para o relacionamento dentro do casamento, a elas Deus deu dons especifico para que os usasse em beneficio do parceiro e da familia.   estes dons são manifestos da melhor forma quando estão em relacionamento os quais encontramos no livro de provérbios no capítulo 31.  Foi tirada da costela do homem,  porque esta proteje o coração que é a sede das emoções, e pulmão, ao meu modo de ver representa o espirito humano. De outro lado o homem é mais conciso, a ele foi lhe dado dons ligados a força fisica, aventura, desbravamento, proteção, menos emocional e mais racional, em sua natureza gosta de respeito e admiração, nada a ver com a vaidade. Como homem protetor precisa entender o trato com  a mulher,  o que infelizmente não foi preparado pelos homens para este entendimento, entretanto dentro desta visão, quando há um entendimento no trato feminino, ele se perde, sem saber a dose certa para agradar o coração da mulher. Se da um dose de carinho. compreensão e amor pequena ela sente falta e se frusta, e se ele da uma dose alta de mais de carinho, compreensão e amor, quem se perde é ela, estranha e muitas vezes acha que esta exercendo domínio pertence a ela, e quem se frustra é ele. A solução esta  em busca da direção desta dose em Deus, visto que cada uma destas mulheres tem uma dose especifica.

 

pastor Jorge R.M. Abeche junior