CASAIS EM ACORDO

25/04/2011 15:06

 

CASAIS VIVENDO EM ACORDO

Estava na Itália, Mantova, sozinho no apartamento ,quando liguei a televisão, e estava passando um programa onde o apresentador, em que no quadro era trazer uma familia do Japão. Foi muito emocionante vendo a unidade de uma familia quando há   amor. Reuniram-se no programa o casal,filhos, irmãos, pai e mãe do marido, pai e mãe da esposa, foi uma demonstração de tanto carinho, respeito e vontade de viverem para sempre juntos. Pela demonstração dos acontecimentos, desde antes da volta, durante e pós volta foi um demonstração de amor familiar, de ajuda mútua, desprendimento em favor um do outro, não sei eram crentes, aparentemente no modo de agradecimento a Deus, creio que sim. Foi entretanto uma demonstração de acordos e unidade familiar, Todos deviam ser como esta familia.

O plano de Deus para o casamento é que e andem em acordo, visto que quando dois vivendo em relacionamento, os conflitos caso não resolvidos tem gerados na vida do casal problemas que se não se entenderem,  o final pode estarem envolvidos num divórcio que só trará frustração. O divórcio traz para o casal problemas insolúvel, não só  a separação em si  do casal, mas quebrará a aliança com Deus, dividirá uma familia, os sogros já não mais sogros, os cunhados da mesma forma, amigos que era chegado, o casal separado, antes amigos, agora livres e sozinhos, tornam-se concorrente, enfim acabou a unidade de um grupo que eram já considerados parentes.

Segundo a declaração do profeta Amós (3:3): “...Poderão andar dois juntos se não houver acordo...”

Freqüentemente, dizem aos casais para não andarem juntos se não tiverem em acordo, e que se não estiverem em acordo o caminho é o divórcio, inclusive, continuam  suas funções dentro da igreja, deixando o outro para traz. Um princípio de Deus, é não haver divórcio, pois Deus odeia o divórcio, segundo outro profeta: Malaquias 2:16 “...Eu odeio o divórcio”, diz o SENHOR, o Deus de Israel, “e também odeio homem que se cobre de violência, como se cobre de roupas”, diz o SENHOR dos Exércitos. Por isso, tenham bom senso; não sejam infiéis.  O desejo de Deus é que andemos juntos, desta forma precisamos aprender a entrar em acordo, num mundo cheio de conflitos: Políticos, raciais, religiosos, econômicos e sociais. Diariamente conflitos no Trabalho,escola,trânsito, igreja e casa. Mesmo os nossos lares não estão livres de existir conflitos. Eles fazem parte de nossas vidas.

Casais com opiniões diferente, a formação cultural de cada família, enfim tantas situações que forçam as divergências, levando cada um a querer impor suas razões para assuntos presentes, cada um lutando pelo que  é o melhor, enfim lutam pelo poder inconsciente.

Na verdade não há como evitar que estas divergências cheguem até nós, mas podemos evitá-las.

Temos algumas áreas que trazem conflitos, que devemos dar atenção especial a cada uma delas.

  • Problemas ou decisões
  • Cultura famíliar.
  • Maneira de administrar as finanças.
  • Confusão sobre papéis conjugais. Inversão de papéis  no casamento.
  • Relacionamento sexual.
  • Maneira de criar os filhos. Disciplina, horários, etc.
  • Relacionamento com sogros e familiares.
  • Tempo gasto com amigos.
  • Nos níveis de comunicação.

 

Cada um destes da relação acima devem ser tratado com a maturidade cristã de um acordo entre o casal. Normalmente no calor de uma discussão, dificilmente um dos dois vai parar, mas tudo com o tempo,e bem de treinados, acompanhamento e aconselhamento e principalmente de um boa vontade, disposição, investimento em buscar em Deus maturidade suficiente para naqueles momentos de conflitos você poder parar e aguardar o momento certo de com uma atitude cristã madura interromper o conflito, levar a discussão a bom termos, chegando a um acordo.

Entretanto nosso acordo precisa ser baseado na vontade do Pai. A vontade de Deus para nós esta expressa na sua palavra. “...Poderão dois andarem juntos sem estar em acordo...?”

Infelizmente dentro de um relacionamento imaturo e despreparado tem levado casais a vivenciarem, inveja, ambição egoísta, aí há confusão e toda espécie de males.

Ao contrário quando evitamos os pontos, fazendo acordos conscientes de que será o bem dos dois, e um  acordo baseado na palavra de Deus nos garante que veremos a resposta no cumprimento de Sua palavra.

O lado errado esta quando o acordo é baseado simplesmente para fugir ou desistência de uma maneira que venha de apatia, haverá com certeza a possibilidade de quebrar o acordo, e no futuro será bem pior aas divergências anteriores e terá muito mais cobranças.

 

 Algumas dicas para evitar as divergências

·         Quando houver conflitos, problema devem orar em concordância com palavra de Deus e buscar juntos a solução. Entretanto se o casal já tem uma vida de oração juntos, naturalmente os conflitos serão como um alerta, para algo que possa estar dentro do coração, e que só, viriam a tona  no momento de divergência.

  • Procurar tratar o quanto antes os conflitos. Buscando ajuda.
  • Quando o casal estiver buscando constantemente viver em acordo, e focalizando a vontade de Deus,fazendo desta forma um estilo de vida na presença de Deus. Com certeza, muita coisa mudará para melhorar a vida do casal e de sua família.
  • Quando o casal estiver buscando constantemente viver em acordo, e focalizando a vontade de Deus,fazendo desta forma um estilo de vida na presença de Deus. Com certeza, muita coisa mudará para melhorar a vida do casal e de sua família.
  • Ser sensíveis as necessidades um do outro.Demonstrar interesse e compreensão enquanto o outro fala.
  • Usar sempre a palavra “...Gostaria..”   - “..Eu preferiria..”
  • Errei..você esta certo..isto é reconhecer erros
  • Crer com fé na operação de Deus em sua vida
  • Admitir a necessidade de mudar um ou mais padrões que gerem conflitos.
  • Em hipótese nenhuma fazer acordo visando interesse próprio
  • Nunca deve prevalecer a opinião do cônjuge que se sente mais forte.
  • Conclusão precipitada antes de discutir o assunto.
  • Se não chegarem a um conclusão, orem e coloquem nas mãos de Deus, que toda certeza Ele poderá trazer outra solução adversa que satisfaça a ambos.

 

Resultado da  falta de acordo entre o casal

  • Falta de Paz
  • Abre brecha para o inimigo
  • Ficam fora da vontade de Deus.
  • Torna-se acusações mútuas
  • Cobranças

 

Todo acordo bem realizado, estruturado sob a direção do Espírito Santo, trará ao casal um vida plena, interessante, saborosa, tornando um estilo de vida em sua maneira de viver.Posso garantir, claro que não é fácil, mas se o casal investir no interesse da familia , Deus os honrará, tornando o relacionamento dentro do casamento muito gostoso de viver. E um desafio.