A SEXUALIDADE NO CASAMENTO

27/11/2013 15:32

 

A SEXUALIDADE NO CASAMENTO

 

Sabemos que nos primeiros concílios, chegaram a conclusão que o casamento é muito bom, mas o sexo não foi visto com bons olhos, esta situação opera até os dias de hoje, trazendo principalmente na cabeça de muitas mulheres traumas e rejeição quanto a vida sexual. Há casos em foi preciso atuação psicológica. Muitos cristãos deixam de satisfazer suas necessidades sexuais por simples medo de ofender a Deus, temendo usar mal sua sexualidade. Cantares de Salomão, assegura aos casais, ao se relacionarem de maneira sensual, no modo que ambos acharem  agradável glorifica á Deus, assim a maneira que seu comportamento sexual não é de mera paixão física, ou qualquer expressão particular, mas em um relacionamento marital selado na aliança, mas sim baseado no amor de dar mais do que receber.Muitos teólogos fazem a mesma coisa, levando acusações e fazendo um lista do que deve ou não deve ser feito, estão reduzindo sexo a uma situação meramente mecânica, quebrando o verdadeiro prazer que o sexo criado e idealizado por Deus proporciona a vida do relacionamento dentro do casamento.  Vejo que liberdade entre o casal, cria mais intimidade do dia  a dia, ligando os mais na cumplicidade, permanecendo e crescendo ainda mais o sentimento mútuo. Um bom desempenho sexual não e amoroso se a intimidade e cumplicidade não ocorrerem. Como o título de um livro : " O sexo começa na cozinha"  nos mostrar que o sexo não deve começar e terminar somente num momento noturno, mas como expressões feitas com sinceridade durante o dia, pequenos telefonemas torpedo, enfim tudo que o casal pode fazer para trazer segurança, pricipalmente a mulher. Faça tu o mesmo!!!

 

pr Jorge Abeche Junior